domingo, 18 de outubro de 2009

Os gays másculos e os bi indecisos...

Acho que a maioria dos gays devidamente assumidos "para si" e não para o "todo da sociedade" fantasiam encontrar um cara nos padrões "hetero". Me soa profundamente estranho, mas já ouvi muitos exclamarem expressões que a masculinadade é o essencial e que para o bem do "casal" seria bom algo assim, para que tudo acontecesse na maior discrição possível. Acho que os caras leitores-internautas vão concordar que não existe um "gay-hétero", mas podemos elevar essa situação para os "bi", aquele grupo que teme ser descoberto, curte homens, mas escondem-se na relação com as mulheres. Ainda acho que existe sim, um "bi" nato e verdadeiro, mas nunca encontrei algum que pudesse me dizer com convicção, porque assim se consideram. O "bi", até por sua denominação mostra o quanto indecisivo a pessoa se torna. Não compreendo bem essa divisão, eu até gostaria de ser um, assim teria um leque maior de opções nas "caçadas" e nas "buscas", que nem Ana Carolina, "Eu gosto de homens e mulheres, e você o que prefere"... - Mas voltando ao assunto, que não é essa a questão do post. Quero mesmo é falar daqueles caras, que são gays assumidos, convictos e de carteirinha, mas que nem por isso perdem a sua masculinidade. São homens que permanecem homens e que gostam de homens. Estes sim são um tesão.

O que quero dizer é que os gays, obviamente, assumiram uma postura que os caracterizam, de paquerar, de diversão, de baladas, viagens. É comum você identificar um homossexual por este padrão. E é natural você perceber uma mudança comportamental que rola para que possa ser inserido nos grupos. Mas existem aqueles que nadam contra a corrente e mantém uma essência explosiva, homem, mas sem ser machista.

Sem questionar, homens, que em primeiro lugar mantém o padrão hétero de conquista, que em sua maioria, cercam a pessoa, marcam encontros, agradam e iniciam um relacionamento desta forma. (Os gays tem uma maneira muito mais peculiar e direta de começar isso - tema de um futuro post, rs). O sexo pode até acontecer, mas não é tão casual ou tão primordial. Gostam de esportes, de futebol, curtem música, mas não necessariamente os ídolos gay's, são cultos, mas também não são chatos e são divertidos. Não tem trejeitos, mas melhor que isso, são gays, sabem disso e não ficam se escondendo por isso.

O texto e a idéia dão a impressão de "confusão", mas é isso mesmo. Bem por aí o "pensamento". Existem caras assim, que cuidam de si e chamam a atenção, justamente por fugir do esteriotipo. É um homem que curte outro homem. Uma espécie peculiar e excitante. Muito melhor que um "bi", na minha singela opinião. Mas vamos discutindo, um dia chegaremos a uma conclusão.


10 comentários:

  1. Eu concordo!
    Um cara é gay porque gosta de outro homem.
    Se o outro for feminino, qual o sentido nisso?
    Acho que isso é um outro tipo de orientação, pois os gays estão ficando cada vez mais andróginos, e o que é pior, desde cedo! Defendo sim, homem com homem, mulher com mulher, se é disso que se gosta. Se vc tenta se tornar o q não é, isso torna-se algo doentio.

    ResponderExcluir
  2. o problema que todos querem viver no mundo de fantasia assim criando a lenda que gay é necessariamente afeminado,que heteros transan com gay e não o são,que artista porno gay é só um personagem,pois fora da tela ele é heterossexual,que o homen que pede fio terra para a mulher é somente um fetiche longe dele ser gay,que homen com namorada ou casado tambem não é gay só é aberto a experiencias novas,o pior de tudo isto ,é que, quem esta bem resolvido com a sua sexualidade é obrigado a ver e ouvir de tudo e fingir que é assim mesmo,que é natural.


    ,

    ResponderExcluir
  3. Acho totalmente doentio um gay ou um homossexual querer ter um comportamento de hétero,pois por mais masculino que sejam,jamais chegarão a ter um aspecto viril hétero.
    Não sou e nem gosto de de ter relacionamentos com um cara efeminado. Mais o quese diz efeminado? Para alguns o simplesfato do cara ser educado,meigo,gentil e com tudo isso sendo um rapaz que mantém sua característica msculina em modos e treeitos as vezes ainda é cosiderado um efeminado! Os gays que procuram ser extremamente másculos ou se preocupam com esso aspecto em excesso pode ser considerado como um gay mal resolvido,pelo fato de querer passar uma imagem de algo que só deve ser uma coisa pra ele! Apoio totalmente e inteiramente os gays que se vestem devidamente como sua raça "Homem" pede. Mas vamos ter cuidado para não deixar de lado um tópico que vcs não abordaram diante de tudo isso: Por mais que um gay seja reservado vista-se como a raça de homem pede e se comporte equilibradamente,jamais passarão despercebidos pela sociedade como "Heteros" Pois por mais que queiram passar isso,serão diferenciados dos demais,pois o gay por mais que seja masculino,tem uma áurea e uma energia diferente de um Hétero.
    Vamos ser equilibrados na forma de agir,vestir e comportar-se,mais vamos tbm ter o senso que mesmo assim somos simplesmente gays e não seres mal resolvidos querendo passar-se pelo que não é!
    Obs: Muitos acham que os homesexuais são pessoas com distúrbio,mais na verdade são os Bisexuais que se enquadram nesse contexto,por serem pessoas altamente más resolvidas e por sempre estarem passando o que não são!
    Homosexual assumido,sendo efeminado ou não = Personalidade definida e forte.
    Bisexual= Falta de personalidade,torna-se um distúrbio pela falta de definição e orientação sexual.

    ResponderExcluir
  4. Nossa...Cada comentário preconceituoso...
    Por que um gay másculo seria mal resolvido?Por que um gay másculo não pode ser viril?Gay só pode ser "RAINHA" ou "LADY"?Ah,façam-me o favor.
    Sou gay,mas antes disto EU SOU HOMEM.E gosto muito da minha cabeça masculina e dos meus gostos masculinos.E não preciso me afastar de efeminados pra provar isto.
    Bobagem querer tachar as pessoas pelo que você acha que é o ideal.

    ResponderExcluir
  5. Tiro o chapéu para o post do anonimo no dia 25 de Maio(penultima mensagem).

    O que faz de um cara HOMEM é ele ser responsável, ter caráter, e acima de tudo, bancar sua escolha, frente a sociedade.

    E realmente nao tem jeito, o cara nao precisa ser afeminado, mas ele nao passa despercebido por muito tempo e em determinado momento as pessoas exigirão alguma satisação dele em festas de trabalho, reunioes, nas quais ele estara sempre solteiro e todos os outros casados.

    Cncordo em outro ponto. Ja levei paquera de um bissexual na faculdade, com quem nunca mais falei pois era louco e mal-resolvido.
    Outro dia veio outro se rotulando da mesma forma, sou "bissexual" e para mim sinto prazer de IGUAL FORMA com ambos os sexos...e ainda propondo sair comigo...
    Saí correndo é lógico, gente-mal resolvida na minha vida nunca mais.

    Abs

    ResponderExcluir
  6. CONCORDO! , CURTO HOMENS, MAS NEM POR ISSO SOU AFEMINADO OU ALGO PARECIDO....GOSTO DE ESPORTES , MAS AIDA ASSIM SOU RESERVADO E DISCRETO , MAS SE ME PERGUNTAREM RESPONDEREI QUE CURTO HOMENS....

    ResponderExcluir
  7. acredito que exista o comportamento social , que compreende o cotidiano no geral e se não for contaminado por formas de comportamanto relacionadas ao modismo de palavras, roupas,gestos, segue simplismente a programaçao do genero masculino, gestos mais retos, voz grossa em fim,....... E existe o comportemento sexual. que se expessa pelo desejo por outros homens. são coisas diferentes!!!! os afeminados simplismente misturam tudo socil e sexual , e normalmente acabam sozinhos, devemos respeitar as caracteristicas do nosso genero masculino , e foder mto . ou vc ja viu uma bichinha com um namorado lindo e forte ???? normlamnte ficam transando entre elas , fazer o que ??!!!!

    ResponderExcluir